Jeane Portela, Gerente Comercial
  • Gerente Comercial

Jeane Portela

Recife (PE)
0seguidor0seguindo
Entrar em contato

Comentários

(3)
Jeane Portela, Gerente Comercial
Jeane Portela
Comentário · há 9 meses
Concordo com vc! Abri minha empresa em junho de 2016 e sempre honrei com meu compromisso, no fim de 2018 passei a atrasar, demiti funcionários e hoje só tem eu e uma assistente! Aqui é meu ganha pão, não tenho de onde tirar, pago um mês e devo 5, mas não deixo de pagar, já tentei negociar a baixa do ALUGUEL 3.000,00, ALÉM de solicitar a divisão dos 15.000,00 que devo, de forma que eu possa me recuperar, pois não acredito que essa crise vai durar para sempre, passo dificuldades inclusive materiais, como ter que perder meu plano de saúde, carro, etc ! E vem muitos aqui criticar como se fossemos ladrões! Ao contrário de mim que sou uma ex gerente de loja e hoje tento me reerguer nesse Brasil fálido, o propietário é rico, dono de postos de gasolina e frigorificos, tentei negociar e ele não quis e colocou na justiça, peço a Deus para que antes de eu ser citada eu possa conseguir ficar em dias para não ser despejada, já que todas as minhas economias foram investidas nesse projeto, onde reformei e não tive abatimento algum dos quase 30.000,00 de reforma! A justiça tem que analisar os dois lados e ver realmente se o locatário está agindo de má fé ou não tem como pagar mesmo! Como eu já disse a ele, ou eu como ou consigo por em dias os alugueis e todos os dias estou na batalha aqui! Tenho 50 anos e não sou aposentada e só dependo dessa ótica para tirar meu sustento! Advogados como o Dr Leonardo que tem empatia é dificil, a maior parte aqui só sabe julgar! Mas creio em Deus que irei ressurgir das cinzas!!!!!

Recomendações

(8)
Davi Florencio, Cenógrafo de Cinema
Davi Florencio
Comentário · há 10 meses
Bom dia.

Estou aqui mais na intenção de querer entender e aprender como lhe dar com esse tipo de situação.

No caso mencionado acima eu estou no lugar de inquilino e estou já a mais ou menos 4 anos na casa onde procurei honrar e pagar prioritariamente as mensalidades dela.

Porem o que me preocupa na fala de alguns dos Senhores é que de fato dependendo do caso, podes-se existir alguns que se aproveitam da situação atual do país para se beneficiar, mas nem sempre é assim, existem famílias e famílias em situação crítica, isso requer uma atenção especial por parte das autoridades, seja ela Municipal, Estadual e ou Federal, pois vejo isso como um descaso absurdo, pessoas e famílias sendo postas pra fora de casas sem ter onde ficar ficam jogadas a sorte, nas ruas, nas praças. O Centro de Fortaleza por exemplo já ultrapassa o número de 247 moradores até ultima pesquisa.

Sou Empresário, (se é que esse titulo tenha algum valor) e nos últimos 5 anos tenho feito o possível para manter minha vida e família de uma forma digna, buscando forças até de onde não tem para isso.
Com tudo a força já está no limite, pois a força e o poder dos JUROS, MULTAS, TAXAS, HONORÁRIOS entre outros tantos, correm e crescem muito rápido que uma pessoa como Eu não estou encontrando veículo ou pílula mágica ou trabalho que der conta de tantas contas.

Sei que tenho diretos, sei que tenho deveres.

Mas a situação e tipo quando você está em uma luta de box de um peso pena contra um peso pesado, onde cada soco que é dado desoriente o lutador...

Primeiro perdi um dos melhores clientes, depois outro e mais outro. o motivo dito por eles CRISE.
Com isso fui ficando sem os colaboradores (entre eles o contador), foi desenquadrado do simples nacional, começou acumular parcelas do carro, do cartão, chegando a ficar sem crédito.

Tentei sem sucesso devolver o carro em troca da dívida, mesmo já tendo pago 73% do consórcio pago, não tive como renegociar, recebendo cobranças cada vez mais altas, deu início a corrida das taxas, multas e juros, nesse ponto ja tinha esgotado as reservas financeiras.
Com o Cartão de Crédito a mesma coisa, Buraco onde quanto mais se joga terra mais o buraco aumenta.
Já sem Crédito.
Sem Clientes.
Sem colaboradores.
Sem contador.
e com as dívidas correndo. (alguém sabe como frear isso) paga uma chega duas. O mês de 30 dias parece ter apenas 15.

Estou a 4 anos nessa situação, procurando uma forma de sair e ser vitorioso. Sei que essa história é igual a de muitos Brasileiros.
Então como eu faço para encontrar uma saída viável a ambas as partes. de forma equilibrada e sadia a todos?

Hoje devo a União, ao Município, ao Consócio, Cartão de Crédito, a escola das crianças, e ao proprietário da casa na qual sou inquilino e que apesar da avalanche de contas procurei pagar em dias, pois sabia que preciso de ter um Lar pra minha família.

Esse ano com a fé de que tudo poderia mudar e melhorar continuo nessa luta, agora sendo ameaçado de ser despejado, sendo coagido e sendo pressionado a dar meu jeito, se for preciso ir morar na favela ou em qualquer outro lugar.

Aqui é que peço a orientação de quem entende de Leis em todos os âmbitos, pois o que quero é ter a dignidade de viver em paz com a minha família.

Eu mesmo quero não dever a ninguém, mas vivemos em um modelo de sociedade que isso é quase impossível. Todos devem uns mais outros menos.
Eu devo pouco comparado com tantos por aí. Mas o que deve está sendo o suficiente para tirar meu sono. Jamais quero ter que tomar medidas drásticas de fuga ilusória da situação partindo para atos desesperados.

Preciso resgatar minha dignidade, minha honra e minha moral, que foi tirada (saqueada, roubada) de mim, e nesse caso a quem eu posso recorrer?

Sou Davi Florencio
Tec. em Efeitos especieis para cinema
Cenógrafo
Empreendedor/inovador
Desenvolvo máquinas de automação industrial (CNC)
Tive 3 projetos inovadores submetidos em editais Funcap, Inovativa e outros (não aprovados por não está desacreditado)

Tenho mais 2 projetos 1 Sociais inovadores para trabalhar o Resgate da Dignidade e outro Inovação Tecnológica que coloca em um só ambiente Consumidor/Fornecedor criando uma moeda virtual que facilita os negócios.

Preciso me libertar das amarras que limitam minha capacidade produtiva e criativa.

Alguém pode me auxiliar ?

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Jeane

Carregando

Jeane Portela

Entrar em contato